Uma ilusão incurável

Apesar de todos os esforços da racionalidade, o que move o mundo é o sentimento.

Acreditar se tornou mais importante que o saber. Mesmo que você jogue uma tonelada de evidências no colo de um sentimentalista, ele sempre vai ignorar.

Porque? A realidade não é o suficiente pra ele. É preciso criar um mundo a parte e se mudar para lá. As regras são de lá. As ordens são de lá. O que acontece aqui se torna surreal, inaceitável. O que vem de seu mundo particular são “verdades absolutas”. Não se pode contestar! As dúvidas sempre serão um alerta para uma mente que está se “desviando da verdade”. Imposição. Essa é a palavra.

Um dia alguém disse: “O mal que acontece no mundo é a falta de deus no coração das pessoas. A bíblia diz para ensinar a criança no caminho onde ela deve andar. Como os pais não ensinam seus filhos no caminho de deus, eles cometem todo tipo de atrocidade”.

Bem, o que eu acabei de mostrar a vocês é um pensamento de quem vive no mundo da imaginação.

9dc85ba5f4b3a3017189b64e07a50278

A realidade tem sua contra resposta. Mais de 90% dos presos, numa escala global, acreditam em alguma divindade. Boa parte deles teve uma educação religiosa. Você não acha conveniente criar alguém desde pequeno na religião? Não é para ser moralmente correto. É para ser total e ignorantemente cego, submisso. Assim, os humanos vão se desumanizando. Tornam-se objetos controlados.

Em nome de seus deuses cometem as maiores atrocidades.

Em nome de seus deuses se tornam ignorantes.

Em nome de seus deuses a razão se torna obsoleta.

Em nome de seus deuses a avareza os consome.

Em nome de seus deuses os descrentes são vistos como uma ameaça, uma raça inferior e digna de pena.

Em nome de seus deuses acreditam que, como o mundo vai acabar mesmo, não preciso fazer muita coisa para mudar esse quadro.

Em nome de seus deuses a paz mundial é o indício do final dos tempos. Não de um novo recomeço.

E, em nome de seus deuses, no final das contas, você foi mais importante que os outros. Você alcançou a “vida eterna”. Você sempre esteve certo. Você é o cara. Você. Você. E… Você!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s